quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Genealogia (parcial) dos Fabrício das Neves

A caminho de Pinhão-PR em busca
dos parentes de José Fabrício das Neves.



Primeiro um alerta: vamos voltar a falar do velho José Fabrício das Neves, não do José Fabrício das Neves nosso personagem. O primeiro pode ter sido padrinho e tio do segundo.

Agora a informação: esse velho José Fabrício era casado com Francisca Soares de Miranda (filha de Floriano João Soares), falecida em 8 de novembro de 1925. No Processo do Irani ela é citada como viúva (1912) com 61 anos de idade. Tivemos a oportunidade de apresentar aqui o seu depoimento no Processo do Irani (Palmas-PR, 1912).

Não conseguimos até agora outras informações a respeito desse velho José Fabrício. Ele e dona Francisca Soares de Miranda tiveram os seguintes filhos, pelo que conseguimos apurar:

* João Damas Fabrício das Neves (pai do citado Antônio Martins Fabrício das Neves, aqui citado freqüência). Nasceu em 31 de maio de 1887 no Rio Grande do Sul. Casado com Gertrudes Martins de Lima (filha de Salvador Inácio Cardoso e Emília Martins de Lima). Tiveram ao todo 11 filhos, entre eles o citado Antônio (nascido em 5 de junho de 1922), Sebastião (Bastião, nascido em 1924, afilhado do “nosso” José Fabrício das Neves), Francisca Martins Fabrício, casada com Vicente Lemos das Neves (pais de Elvira Dalla Costa, residente em Palmas), Cezário (tinha 13 anos em 1920), Leopoldino (tinha 11 anos em 1920), José (7 anos em 1920), Pureza (cinco anos em 1920), Emília (três anos em 1920), Gabriel (três meses em 1920).
Informações do Livro 2, Casamentos, Cartório do Irani e entrevistas de Elvira e Antônio.

* Leopoldino Fabrício das Neves, casado com Conceição Lemos da Silva. Filhos: Vicente Lemos das Neves, casada com a prima-irmã Francisca Martins Fabrício (filha de João Damas). Informação de Elvira Dalla Costa (Palmas-PR) que precisa ser confirmada.

* Maria Fabrícia da Neves, casada com Miguel Soares do Espírito Santo.

* Gabriel Fabrício das Neves, natural do Rio Grande do Sul. Era Inspetor de Quarteirão na época do combate do Irani e providenciou o enterro do monge José Maria e de outros combatentes (caboclos e militares). Tinha 47 anos em 1925. Casado com Lúcia Maria Antunes (filha de Francisco José Antunes e Maria Antunes França). Filhos: Maria (nascida em 12 de dezembro de 1923), Antônio Antunes Fabrício (nascido em 6 de janeiro), Emílio Antunes Fabrício (pai de Agenor Antunes Fabrício, aqui entrevistado) e Orestes.


Thomaz e dona Elíbia (Irani-SC, meados da década de 1920).

* Elíbia Fabrício das Neves. Nascida em 30 de dezembro de 1882, no Rio Grande do Sul, tendo falecido em 23 de setembro de 1966. Casada com Thomaz Fabrício das Neves. Tiveram os seguintes filhos: Maria Fabrício (Nica, nascida em 5 de janeiro de 1900, falecida em 16 de março de 1967 na localidade de Passo Fundo, em Coronel Domingos Soares-PR, casada com o primo João Perão/Perón e não tiveram filhos); Dinarte (mais velho, casado com Doralina, espécie de contador dos negócios da família, falecido no interior de Coronel Domingos Soares-PR); Tervina (nascida em 13 de dezembro de 1911, casada com Sebastião Pelentier, casal sem filhos que adotou a sobrinha Elíbia); Cespina (nascida em 4 de março de 1914); Lauro (nascido em 6 de fevereiro de 1916); Domingos (nascido em 6 de dezembro de 1918, pai de Thomaz de Oliveira Neves, motorista de táxi em Palmas-PR, de José Valdomiro de Oliveira Neves, cabeleireiro em Coronel Domingos Soares, Elíbia, Gabriel e outros); Saturnino; Adolpho; Ardino (nascido em 27 de dezembro de 1920); Antoninho (pai de Amélia); Isaltino; Osório e Álvaro (Nenga, nascido no dia 9 de janeiro de 1926). Thomaz e dona Elíbia ainda criaram Saturnino Soares de Oliveira, casado com Maria Pelentier, irmã de Sebastão (casado com Nica).


Família de José Fabrício das Neves

José Fabrício (nascido em Soledade-RS) era casado Maria Crispina Antunes (também grafada Maria Crespina ou Cespina)

Filhos
Afonso. Nascido por volta de 1908. Os detalhes do destino de Afonso e seus descendentes serão tratados adiante.
Elíbia. Nascida (nascida c. 1910). Casada com Natálio Néri, com grande número de filhos. Morou na Argentina, onde deixou descendência com o sobrenome Oliveira.
Hortência. (c. 1911). Teve três filhos: Geraldo, Agnaldo e Jurema.
Domingos. (c. 1912). Caçula da família. Teve 18 filhos e muitos moram na região de Joinville e Jaraguá do Sul (SC) e nos municípios de Ibema e Guaraniaçu (PR).
(Fontes: Registro de óbito de José Fabrício das Neves, em 29 de janeiro de 1925. Cartório do Irani.
Fonte: Registro de Óbito de José Fabrício, Livro nº 1 (Cartório de Irani-SC), e Jurema Fabrício das Neves.


João Perone (Perão).

Os Perão (Perón)

Maria Joana Perão (Perón, sobrenome de procedência argentina, abrasileirado no Cartório do Irani).

Filhos
José Alves Perão (José Felisberto), Dezidério Alves Perão, Elizeu Perão, Antônio Alves Perão, João Alves Perão.

* José Alves Perão, casado com Júlia Olímpia da Silva, pais de Isabel Olímpia da Silva, casada com Heleodoro Telles em 19 de agosto de 1909 (pais de Vicente Telles). Heleodoro era filho de Alexandre Telles da Rocha e Arminda Fabrício das Neves, pais também de Antônia Maria da Rocha (Quena), casada com Francisco Soares Fragoso (filho de Miguel Soares Fragoso e Maria Vieira Machado), pais de um filho também chamado Miguel, nascido em 1926.
Além de Isabel, José Felisberto e Júlia Olímpia da Silva, são pais de José da Silva Perão (Juca, residente em Coronel Vivida-PR)

* Elizeu Perão foi casado com Amélia Fabrício das Neves (Ninha) e morava no Rio do Mato (região da atual Celulose Irani). É possível que Amélia seja irmã de nosso personagem José Fabrício da Neves. Filhos: João Perão, casado com Maria Fabrícia (Nica, filha de Thomaz Fabrício das Neves, já citada); Jerônimo (padrinho de Vicente Telles) e Artidor Alves Perão (Doca, residente em Salto Veloso-SC).

Crédito
O esforço de reconstituição da árvore genealógica dos Fabrício das Neves e dos Perão contou com a participação decisiva de Margaret Grande. Tendo acompanhado boa parte das viagens, ela se encarregou das pesquisas em cartórios (sobretudo o de Irani-SC) e das indagações sobre parentescos com os entrevistados. A pesquisa prossegue. Quem puder ajudar nessa reconstituição, favor entrar em contato pelo e-mail celsodasilveira@gmail.com.





3 comentários:

  1. Oiiii tudo bem nossa como esse mundo é pequeno...por encrivel que paresa eu sou neto de um dos fabricios sitados ai...sou neto de alvaro farbicio ( Nenga e orvalina brasil)
    gostaria muito de saber mais sobre essa familia adorei o site...se quizer me conheser melhor me procura ta bom (maiquel_alves_555@hotmail.com)
    Muito boa noite.............

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que é ele, não tenho certeza, mas meu avô se chamava, Elizeu alves peroni, e segundo ele o nome original era peron, o peroni foi erro de cartório, e o meu falecido avô tmb dizia ter um irmão chamado João Peron(perão). C for ele msm, é satisfatório encontrar parentes, c quizer entrar em contato meu email é laclis@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Ola! Eu (Ana Claudia Fabrício -Navegantes SC)sou neta de > Antônio Antunes Fabrício (nascido em 6 de janeiro), ele era filho de:>Gabriel Fabrício das Neves, natural do Rio Grande do Sul e Lúcia Maria Antunes.(meu pai Silvano Rodrigues Fabrício)reside em Pinhão Pr.
    Meu e-mail> claudia_a_cf@hotmail.com

    ResponderExcluir